/ NEWS

Cenografia e Sinalização: Um conceito que reflete e materializa a identidade do seu negócio, conheça o case do CJ31 para o Instituto Singularidades de Educação do Grupo Península

Enxergar a evolução do conceito cenográfico e ao mesmo tempo “acolher” a nova marca, foi a nossa ideia. Conheça mais sobre o projeto de cenografia e sinalização que o Cj31 desenvolveu especialmente para o Instituto Singularidades de Educação. 

Um case interessante, que começou lá em 2015 quando o Cj31 realizou o projeto cenográfico e de sinalização para o Instituto Singularidades que na época acabava de ser adquirido pelo Grupo Península.

O CJ31 então foi chamado a implementar uma “personalidade” ao espaço de formação acadêmica (licenciatura e pós-graduação) existente, o grande desafio foi tornar o espaço que era um edifício-galpão, sem janelas, para cenografar de forma a deixar o espaço mais acolhedor, atraente e vibrante.

O conceito proposto pelo Cj31 àquela data foi de cenografar todo o prédio do Singularidades com frases assinadas por educadores, sábios, pensadores, filósofos de Aristóteles a Nietzsche, passando por Cora Coralina, Paulo Freire, Clarisse Lispector, Nelson Mandela, Gandhi, Einstein, Shakespeare, entre tantos outros, agregando visualmente ao conceito uma “Paleta de Cores” jovem e vibrante, amarrando do conceito: Expandir a mente com Alegria.

Em 2021, o Instituto Singularidades nos chamou novamente à missão de cenografar e implantar a mesma identidade em suas novas instalações, agora em um novo edifício na Rua Cincinato Braga.

O conceito anteriormente implementado pelo Cj31 espelhava a VICERAL IDENTIDADE do Instituto, expressando sua missão: formar educadores.

Se em 2015 o Instituto havia herdado a logomarca já existente, agora em 2021, fomos chamados a refazer o mesmo conceito cenográfico. No entanto, nos vimos diante de novo desafio que seria RESGATAR o conceito de identidade e assumindo e harmonizando à nova marca.

A nova marca do Instituto apresentada possui o desenho de um pássaro realizado com elementos sólidos e preenchidos cromaticamente.

Se no primeiro projeto varremos as paredes de 15 a 30 metros do prédio com textos de educadores e pensadores, na fonte Titillium Web, na evolução assumimos o design da nova marca —  os elementos sólidos preenchidos —  e implementamos esta evolução desenhando uma tipologia própria, tendo origem a mesma fonte e realizando o preenchimento das letras (letras o, a, b, e, d, etc), incorporando evolução do desenho com elementos sólidos.